Com curadoria do crítico Felipe Scovino, a exposição apresenta um total de 118 obras divididas em: 42 aquarelas; 44 objetos; 32 pinturas, que percorrem a trajetória artística do artista plástico nas duas últimas décadas

A mostra “Gonçalo Ivo: A Pele da Pintura”, que poderá ser visitada de 28 de outubro a 26 de fevereiro de 2017, no Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba, tem como ponto central a metáfora de um corpo ou mais especificamente da pele na obra do artista em questão.

Com curadoria do crítico Felipe Scovino, a exposição apresenta um total de 118 obras divididas em: 42 aquarelas; 44 objetos; 32 pinturas, que percorrem a trajetória artística do artista plástico nas duas últimas décadas.

Gonçalo Ivo é um dos mais destacados artistas brasileiros da geração 80, radicado na Europa há 15 anos, possui ateliês em Pari e Madri, alternando-se em temporadas de trabalho com o Rio de Janeiro, onde mantém QG na inspiradora serra de Teresópolis. Sua obra é reconhecida internacionalmente, sendo exposta em destacadas galerias e museus do Brasil e do exterior. Recentemente Gonçalo teve o trabalho exposto no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Museu Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro, Instituto Moreira Salles, São Paulo e Rio de Janeiro, Espace Krajcberg, Paris e na Pinacoteca do Estado de São Paulo.

“A cor confunde-se com a pele podendo ser na obra de Gonçalo, rugosa, desigual, seca, vibrante”, analisa Scovino que reforça também as qualidades estéticas do legado de Gonçalo Ivo.

Como Chegar

Museu Oscar Niemeyer
R. Mal. Hermes, 999 - Centro Cívico, Curitiba - PR, 80530-230, Curitiba / Paraná
Brasil

Endereço: R. Mal. Hermes, 999 - Centro Cívico, Curitiba - PR, 80530-230

Outros Eventos