Integração dos espaços é mote de projeto do Casa14 para reforma de sobrado dos anos 1970

Mariana Andersen e Mariana Guardani eliminaram o excesso de paredes para criar ambientes compartilhados e com boa incidência de luz

  • 30 agosto 2017

GIZ-POR-DO-SOL-FOTO3

O maior desafio que apresentou o projeto de reforma deste sobrado dos anos 1970, em São Paulo, para Mariana Andersen e Mariana Guardani, do Casa14, foi a reformulação de sua distribuição. As arquitetas repensaram a área social, importante para o jovem casal de clientes, junto à integração dos espaços da casa, antes escura e bastante compartimentada.

Para isso, as profissionais optaram por eliminar o excesso de paredes, por dispensar a edícula aos fundos (que ocupava 100 m²) e por nivelar o piso no térreo. Segundo Mariana Andersen, isso possibilitou integrar os cômodos e ampliar os jardins, inclusive o interno — uma esquadria de vidro instalada na extensão da porta de correr da sala ampliou a percepção do recuo lateral e a incidência de luz, o que fez com que a varanda se tornasse o principal ambiente de convívio, responsável ainda pela transição entre sala, cozinha e quintal. No andar superior está a área íntima.

GIZ-POR-DO-SOL-FOTO2

Envolvidos por uma cortina de luz solar e por plantas, a intercomunicação entre ambientes se deu de modo que os cômodos da face Oeste ganhassem uma posição privilegiada para o pôr do sol — o que batizou o projeto de “Casa Pôr do Sol”. O pedido por uma cozinha parcialmente unida à área social se encaixa na proposta aproximação: uma divisória vazada de concreto e marcenaria no lugar da parede diante da varanda reforçou a conexão em um ambiente até então escuro e fechado. Algo semelhante foi aplicado ao escritório, onde a laje, apoiada nas paredes laterais, libera o trecho junto ao teto para o fechamento com vidro.

O pergolado de concreto armado é composto por quatro vigas principais que se sustentam sobre os pilares da fachada e se prolongam até o início do jardim interno, viabilizando o grande balanço. O acesso à residência, que de fora não parece um sobrado, é pela porta principal pivotante ligada ao patamar intermediário da residência. Do lado direito, o escritório tem entrada independente.

GIZ-POR-DO-SOL-FOTO4

Casa14 Arquitetura
R. Aspicuelta, 205, Vl. Madalena, São Paulo. casa14.arq.br