Casas geminadas, por CR2 Arquitetura, maximizam conforto térmico em lote íngreme e comprido

Com uma das casas desenhada para uma das sócias do escritório, Cecília Reichstul e Clara Reynaldo projetaram duas residências bem iluminadas e ventiladas

  • 10 Abril 2017

Um par de casas gêmeas de fachada aparentemente contínua reforçada por caixilhos como painéis de madeira agora integra o cenário do bairro Alto de Pinheiros, em São Paulo, no que é um dos mais recentes trabalhos do paulistano CR2 Arquitetura. O projeto de duas casas geminadas de 207 m² teve uma demanda especial e meticulosa: uma delas deveria abrigar e oferecer conforto à família de Cecília Reichstul, sócia do escritório ao lado de Clara Reynaldo.

giz-cr2-arquitetura-01

Localizadas em um terreno comprido e oblíquo, as casas se distribuem em três pavimentos cada, e são acessadas por uma passarela suspensa que interliga a garagem, no nível da rua, e a ampla e aberta sala de estar, por cima de um pequeno pátio interno, criado no subsolo.

giz-cr2-arquitetura-02

Aos demais cômodos se chega por meio de duas escadas de concreto sobrepostas na mesma lateral. A que leva ao andar superior – à suíte do casal, a dois quartos e a um banheiro – tem degraus vazados e colabora para a passagem de luz pela residência. A questão da incidência de iluminação natural é ainda mais relevante porque, na lateral que não compartilham entre si, as casas são coladas às construções vizinhas, o que redirecionou a obtenção e garantia de conforto térmico.

giz-cr2-arquitetura-03

No piso inferior, integrada à cozinha, se encontra a sala de jantar. De um lado está o pátio interno, que separa a cozinha da área de serviço e do lavabo, e, do outro, está o jardim, que leva a uma varanda com churrasqueira nos fundos. Para fechar os ambientes, foram instalados painéis de vidro de abertura completa.

giz-cr2-arquitetura-04

O projeto maximiza o aproveitamento de luz natural igualmente por meio de grandes panos de vidro e de claraboias na cobertura e nos banheiros, que trazem também ventilação cruzada e integração das áreas internas e externa.

giz-cr2-arquitetura-05

As arquitetas projetaram casas facilmente moldáveis às necessidades dos usuários por suas estruturas e vedações, a exemplo dos quartos menores, no segundo andar, que se convertem em uma suíte caso seja removida a parede de drywall que os divide, e dos banheiros, de laje invertida. Elementos tradicionais da construção civil como concreto à mostra para as estruturas e para as bancadas, lajes painel aparentes e piso em cimento queimado tornaram o orçamento mais acessível e criaram uma estética industrial bastante harmônica.

CR2 Arquitetura
R. Inácio Pereira da Rocha, 158, Pinheiros, São Paulo. T (11) 3031 4947. cr2arquitetura.com.br