No Irã, BMDesign Studios revela projeto arquitetônico para coleta e reaproveitamento de água das chuvas

Escola em Juroft recebe projeto arquitetural sustentável em que telhados em forma de tigelas captam e armazenam a água da chuva

  • 9 janeiro 2017

giz-concave-roof-bm-design-studios-architecture-iran-schools-education-2

No Irã, o escritório BMDesign Studios (capitaneado pelo designer Babak Mostofi Sadri) apresenta o projeto de uma escola em Juroft, província de Kerman, e utiliza um recurso geniosamente simples para diminuir o impacto do clima árido da região sobre o prédio – os arquitetos traçaram para o edifício um teto duplo: a camada externa é um telhado côncavo de 923 metros quadrados, formado por “tigelas” que recolhem a água da chuva, com uma eficiência estimada de cerca de 60% — a expectativa é que sejam coletados 28 metros cúbicos de precipitação.

giz-concave-roof-bm-design-studios-architecture-iran-schools-education-1

O líquido recolhido pelas tigelas será armazenado em reservatórios que estarão dentro das paredes do edifício. Então, além do reaproveitamento da chuva, o projeto ainda prevê um maior controle da variação de temperatura do interior do prédio, graças à inércia térmica da água, ajudando a diminuir o uso do ar condicionado e, consequentemente, da pegada de carbono.

giz-concave-roof-bm-design-studios-architecture-iran-schools-education-4

O sistema também oferece sombreamento e permite que o ar se mova entre o telhado e o espaço interno, ajudando a refrescar o ambiente. Com esse conjunto de providências, o escritório iraniano provou, mais uma vez, que a arquitetura pode (e deve) ser usada para ajudar comunidades a desviarem de atribulações impostas pela natureza.

giz-concave-roof-bm-design-studios-architecture-iran-schools-education-3

BMDesign Studios
bmdesignstudios.com