Projeto assinado pela arquiteta Beatriz Castanho, em Ibiúna

A profissional repaginou a casa de campo sem descaracterizar o layout original

  • 7 junho 2017

GIZ-CASA-BEATRIZ-CASTANHO-01

A arquiteta Beatriz Castanho é graduada em arquitetura pela FAU Mackenzie e está com o bloco na rua, literalmente, desde 2007. Com passagens por escritórios expressivos como Aflalo & Gasparini e Botti Rubin Arquitetos,  desde 2014, a profissional alçou voo solo e mantém QG no bairro Campo Belo, em Sampa. Desta vez ela apresenta a reforma e ampliação da residência de campo localizada em Ibiúna, interior de São Paulo.

GIZ-CASA-BEATRIZ-CASTANHO-02

“Os clientes queriam repaginar a casa de campo sem descaracterizar o projeto existente. Quando fui com os proprietários até o local para uma primeira conversa os desejos eram construir uma área gourmet provida de churrasqueira, forno de pizza, fogão industrial, prevendo espaço para uma mesa central de apoio ao chef (o dono da casa tem a culinária como um hobbie). Esse ambiente era desejado próximo à piscina, pois a família costuma receber amigos e parentes para curtir o dia ou o final de semana. Por esse motivo, também quiseram aumentar o número de suítes”, explica Beatriz.

GIZ-CASA-BEATRIZ-CASTANHO-03

O layout de 325 m² ganhou uma segunda construção, em virtude do desnível do terreno e da vegetação existente, que abriga gourmet, duas suítes, lavabo, área de serviço e um longo pergolado que conecta todos os cômodos. A arquiteta também implementou outras soluções interesantes como o grande banheiro, da construção original, que foi transformado em despensa, lavabo e uma nova sala de banho bem como o quarto do casal que virou uma confortável suíte com closet.

GIZ-CASA-BEATRIZ-CASTANHO-04

“O social foi separado da área íntima com uma porta no corredor. Além disso, o piso externo foi estendido em direção à piscina onde também foi lançado um pergolado coberto sobre as toras de eucalipto remanescentes que deveriam ser mantidas a pedido dos proprietários um casal de psicólogos já como os filhos formados”, detalha.

GIZ-CASA-BEATRIZ-CASTANHO-05

A morada ganhou um estilo rústico contemporâneo para atender a família que adora curtir o espaço e receber os amigos. Alguns ponto foram valorizados como o piso de tijolos, o acabamento rústico das paredes, as toras de eucaliptos de forma que a verdadeira essência que é a conexão com a natureza transbordasse no refúgio. “Os proprietários até cogitam em passar mais tempo por lá do que que apenas os finais de semana já ele adora bancar o mestre cuca e ela se dedicar à restauração de móveis antigos, por exemplo, as venezianas viraram cabeceiras de cama”, explica. Os interiores ganharam peças patinadas que contrastam com verde do tapete By Kamy, os pufes e almofadas da Saccaro e das cadeiras Thonarth. ” O luxo aqui é estar no meio da natureza”, finaliza a arquiteta.

GIZ-CASA-BEATRIZ-CASTANHO-06

Beatriz Zanini Castanho
beatrizcastanho.com.br